GASTRONOMIA: Envelhecido por 35 anos, Brandy Valdemiz X.O. conquista espaço no Brasil

Produto foi criado em 1975, dois anos depois da criação da Vinícola Monte Reale, de Flores da Cunha (RS). Foto: Divulgação

Próxima de completar cinco décadas e com uma história que remete à produção de vinhos na Itália desde 1300, a Vinícola Monte Reale traz para o mercado uma novidade que celebra essa trajetória: o Brandy Valdemiz X.O. Criado em 1975, a partir de uvas da Serra Gaúcha, o destilado ficou mais de 35 anos em repouso, passando pelo processo de envelhecimento. Está disponível nas lojas especializadas de todo o Brasil, além do e-commerce da marca www.montereale.com.br.

A produção do Brandy Valdemiz X.O. começou com a destilação e retificação do vinho em alambiques de cobre. Depois disso, permaneceu por mais de 35 anos em barris de grápia. No olfato, o produto é intenso e traz notas de envelhecimento, como cacau, ameixa e baunilha. Na boca, possui um corpo suave, com final equilibrado entre o álcool e os taninos da maturação. O volume alcoólico é de 38,5%.

Enio Mioranza, diretor da Monte Reale, comenta que o Valdemiz X.O. é um produto que demonstra a versatilidade dos itens que podem ser fabricados através de uvas de qualidade e processos estudados com afinco. “A dedicação da nossa família à vitivinicultura possibilita que produtos como este cheguem ao mercado. Estamos muito orgulhosos e certos de que vamos explorar novos caminhos no universo do vinho e dos seus derivados”, comenta.

Duas variedades de Grappa, outro destilado produzido através da uva, não do vinho, também fazem parte da linha.




Sobre a Valdemiz 


Linha de vinhos finos da Vinícola Monte Reale, a Valdemiz é uma marca que preza pela qualidade de produção e entrega dos mais de 10 produtos. Além de vinhos tintos, brancos e espumantes, também estão no mix o Brandy Valdemiz X.O. e as Grappas Valdemiz e Invecchiata.

O nome Valdemiz carrega um pouco da história da família Mioranza, que fundou a vinícola Monte Reale em 1973 e produzia vinhos na Itália desde 1300. A região italiana do Valle del Mis, de onde vieram os antepassados da família, foi inspiração para criação das marcas e preservação das tradições.

Sobre a Monte Reale 

Os registros da produção de vinhos dos Mioranza datam de 1300, ainda na Itália. Na primeira metade do século XIX, integrantes da família se mudaram para o Rio Grande do Sul, onde iniciaram a atividade na região de Caxias do Sul. Em 1973, Valdecir Mioranza deu o pontapé inicial para a Monte Reale, vinícola que está há 45 anos no mercado nacional e guarda mais de sete séculos de tradição. 

Três marcas compõem hoje o mix da vinícola, com sede em Flores da Cunha (RS). Os vinhos de mesa e sucos são comercializados com a bandeira Monte Reale. Vinhos finos chegam ao mercado com as marcas Valdemiz e Sospirolo, que atua ainda com Brandy, Grappa e outros produtos especiais. Com a marca Alem Bier são produzidas cervejas artesanais e vinagres também são fabricados na propriedade.














Quer destacar seu negócio aqui e nas redes sociais ?

Destaques da Semana:

MODA: Como usar vestido de festa no inverno

ENTRETENIMENTO: Casa da Intuição oferece opções de lazer para o final de semana

Jade Marcela, estrela pornô do momento lança biografia